breadcrumbs

O que um clareamento dental pode fazer por você? Veja os principais benefícios

claremanto-dental-expondonto-746x413

16.10.2020 | POR: Fabricio

O que um clareamento dental pode fazer por você? Veja os principais benefícios

O clareamento dental é, talvez, um dos procedimentos estéticos dentários mais procurados e que despertam maior interesse e curiosidade entre as pessoas. 
Afinal, a máxima “o sorriso é o seu cartão de visitas” pode facilmente ser traduzida em “cuide dos seus dentes, eleve a sua autoestima e cause boa impressão”.
Quem nunca se impressionou com um sorriso branquinho, não é mesmo? Quem nunca sonhou em ter este sorriso?! 
O clareamento dental não apenas clareia os dentes. Este é, sim, o aspecto concreto do procedimento, mas, mais que isso, o tratamento devolve autoestima e confiança ao paciente. 
A boa notícia é que se você sempre quis fazer o clareamento dos seus dentes e se sentir uma pessoa mais segura com o seu sorriso, saiba que você pode realizar esse desejo de uma forma mais simples e rápida do que você imagina!
No artigo de hoje vamos falar sobre clareamento dental: o que é, quais os tipos, cuidados, benefícios e muito mais. Continue na leitura e, ao final, entenda por que você deve investir no seu sorriso!

O que é o clareamento dental?

A forma mais óbvia e bastante autoexplicativa é dizer que o clareamento dental nada mais é do que clarear os dentes. Mas por que e como clarear os dentes? 
Por diversas razões como a idade, aspectos genéticos, traumas e alimentação, o dente pode ficar amarelado ou escurecido. O tratamento tem como objetivo eliminar, por meio de uma reação química, os pigmentos que causam esse escurecimento.
O gel clareador, à base de peróxido de hidrogênio ou carbamina, é aplicado ao dente e tem o poder de quebrar as moléculas desse pigmento devolvendo a brancura ao dente.

Quais os tipos de clareamento dental?

Existem três tipos de clareamento dental: o feito em consultório, o caseiro e a união dos dois.
Primeiro vamos falar do procedimento feito em consultório.
Como o nome já sugere é o clareamento feito no próprio consultório do dentista. Após uma avaliação personalizada de acordo com a necessidade do paciente, o tratamento é iniciado.
Neste procedimento, o dentista aplica o gel clareador, em concentração alta, e faz o uso de laser ou led.
As sessões são definidas de acordo com a avaliação realizada, mas normalmente são feitas de 3 a 4 sessões de uma hora, em um intervalo de 7 a 10 dias.
O clareamento dental também pode ser feito em casa! Isso mesmo! Mas fazer em casa não significa que não precisa de acompanhamento profissional não, hein?!
Se você está na sua pesquisa para se informar sobre clareamento dental, certamente deve ter caído em alguma oferta na internet de kits que prometem clarear os dentes sem supervisão de um dentista. Se sim, fuja deles! 
A venda não é proibida, desde que sejam registrados pela Anvisa, o problema é que muitos comercializam de forma indiscriminada e não apenas para dentistas regulamentados, como deveria ser.
Os kits podem parecer simples e inofensivos, mas são oferecidos em diversas concentrações que você, sozinho ou sozinha, não vai saber qual a ideal para os seus dentes. Feito de forma errada, o clareamento pode causar danos inclusive irreversíveis. Então já sabe: procure o seu dentista de confiança sempre.
Voltando ao procedimento: no tratamento caseiro, o paciente recebe o material e as recomendações necessárias para que o clareamento dental seja feito de forma segura e supervisionada em casa.
Geralmente, o paciente recebe do dentista um gel clareador e uma moldeira de silicone, na qual deve-se colocar o gel (cuja quantidade é estipulada pelo dentista) e aplicar nos dentes.
A aplicação do produto deve ser feita diariamente e o tempo também é estipulado pelo dentista, mas, geralmente, vai de 25 a 30 dias.
A terceira forma de realizar o clareamento dental é unir esses dois processos. O uso do produto em casa é intercalado com as sessões de laser, também indicada a necessidade pelo profissional. 

Benefícios do clareamento dental

Até aqui você conheceu as três formas mais usuais de fazer clareamento dental. Mas se você ainda está com dúvida sobre fazer ou não, a gente sana agora essa indecisão te contando os incríveis benefícios de ter o seu sorriso branco:

  • Procedimento rápido  — em 3 sessões você já está com um sorriso livre de manchas;
  • tratamento seguro e indolor — no consultório, o dentista protege sua gengiva e mucosas para evitar qualquer tipo de ferimento com o gel clareador; feito em casa ele te orienta sobre como usar adequadamente o produto.
  • alta durabilidade — a alteração na coloração dos dentes pode durar de 1 a 3 anos;
  • melhora da autoestima — com um sorriso mais bonito, você fica mais seguro (a) e confiante, o que tem um impacto positivo em suas relações sociais e profissionais.

 

Quem pode fazer clareamento dental?

Ok! Já te convencemos sobre a importância de ter um sorriso bonito e bem-cuidado, e sobre como é fácil realizar um clareamento dental. =]
Mas você pode estar se perguntando: será que eu posso fazer clareamento?
E a resposta é que há poucas contraindicações para o procedimento: geralmente, pessoas como boa saúde bucal estão aptas ao clareamento dental.
Todavia, o tratamento não é indicado para:

  • gestantes e lactantes;
  • pessoas com hipersensibilidade dental;
  • pessoas com doenças que afetam o desenvolvimento dentário, como amelogênese completo e dentinogênese;
  • pessoas com problemas bucais, como cáries ou periodontite;
  • casos de dente quebrado, gastos ou com exposição da dentina.

Mas a outra boa notícia é que na maioria desses casos, basta o paciente fazer o tratamento desses problemas antes de realizar o clareamento dental.
Existe uma série de mitos sobre quem pode ou não fazer o procedimento estético. Inclusive, aqui no blog, fizemos um artigo sobre os sete maiores mitos do clareamento. Você vai ver que tem muito mais fantasia do que verdade! Vale a pena dar uma olhada.

Tenho medo de ficar com hipersensibilidade nos dentes

Essa, talvez, seja uma das maiores objeções de quem está no processo de decisão para realizar um clareamento dental. 
Saiba, porém, que a sensibilidade nos dentes não é uma regra. Apesar de ser relatada pela maioria dos pacientes, ela varia de pessoa para pessoa e de tratamento para tratamento. 
Além do que, pode ser amenizada com uma avaliação do profissional indicando mudanças no tratamento e cuidados com cremes dentais apropriados.

Cuidados básicos durante o tratamento
• Evitar o consumo de alimentos e bebidas com corantes, como o café ou o vinho; Veja os cinco alimentos que mais podem prejudicar o seu tratamento.
• Se não for possível evitar o consumo de bebidas muito pigmentadas, canudos podem servir como bons aliados;
• Evitar o uso de tabaco;
• Manter uma rotina de cuidados com a higiene dental, escovando os dentes 30 minutos após as principais refeições;
• Evitar o uso de enxaguantes bucais coloridos ou que contenham álcool em sua composição;
• Visitar o dentista regularmente para limpeza dos dentes.
Na Expodonto você realiza o seu clareamento dental de forma segura e profissional e obtém os tão desejados dentes branquinhos e, principalmente, a melhora da sua autoestima e qualidade de vida.
Como somos uma clínica multidisciplinar oferecendo uma gama de serviços e tratamentos, caso seja necessário algum tratamento prévio você pode realizar tudo no mesmo lugar!
Segurança e comodidade!
Agora que você já sabe como funciona o clareamento dental, invista no seu sorriso! Invista em você. Procure profissionais capacitados para entregar a você o sorriso que você sempre quis. 
Mas se você ainda ficou com alguma dúvida sobre clareamento dental, entre em contato agora mesmo ou deixe abaixo o seu comentário. Será um prazer conversar com você!

RELACIONADOS

dentes-sensivel
  • 03.04.2018 | POR: Fabricio

Dentes sensíveis? Um problema bastante comum

Talvez você já tenha sentido dor ao tomar uma boa xícara de café quente ou quem sabe desfrutando de uma tigela de sorvete, sentindo uma dor súbita e desconfortável. Muitas pessoas sofrem com sensibilidade dentária, estima-se que aproximadamente metade da população é afetada por sensibilidade nos dentes, na média de idade entre os 20 aos […]

leia mais
rinomodelacao-576x413
  • 18.03.2021 | POR: Fabricio

Nariz modificado sem cirurgia com a rinomodelação; entenda

Se você não está plenamente satisfeito (a) com o seu nariz, pense levar em consideração a rinomodelação.  Trata-se de uma técnica de preenchimento, ou seja, minimamente invasiva, para corrigir defeitos e imperfeições do nariz. A rinoplastia, que é o método cirúrgico para alterar não só os aspectos estéticos como também os funcionais do nariz, é […]

leia mais
precodobotox-746x413
  • 05.05.2021 | POR: Fabricio

Qual o preço do botox? Veja o que influencia o valor do procedimento

Vários fatores devem ser levados em consideração para batermos o martelo no preço final do botox. Conheça alguns deles e entenda.

leia mais

NEWSLETTER

Receba dicas em seu email