breadcrumbs

Como garantir uma boa saúde bucal diariamente

unnamedsdgfs

06.07.2021 | POR: Fabricio

Como garantir uma boa saúde bucal diariamente

Quando falamos em saúde bucal é natural que as pessoas pensem em escovação dos dentes e um sorriso bonito. Claro que essas coisas fazem parte do que podemos chamar de uma boca saudável, mas os cuidados com a saúde bucal envolvem uma série de outros fatores.

A saúde bucal influencia até mesmo no bem-estar do nosso organismo como um todo e não podemos restringi-la ao óbvio, como escovar os dentes todos os dias.

Então, para falarmos mais sobre quais são os cuidados indispensáveis para uma boa saúde bucal e mostrar tudo o que envolve este tema preparamos este artigo que será o seu guia de boas práticas.

Continue na leitura e acompanhe!

Algumas medidas simples de prevenção já ajudam consideravelmente para manter a nossa boca com saúde. Veja o que você deve sempre fazer:

Boa escovação dos dentes

O indicado é escovar os dentes após todas as refeições, não sendo possível, no mínimo 3 vezes ao dia. Ao acordar, após o almoço e antes de se deitar.

Uma higienização eficaz depende de uma escova em bom estado, uma pasta dental geralmente indicada pelo dentista, fio dental e enxaguante bucal em casos específicos.

escova de dentes deve ser trocada a cada 3 meses evitando que fique gasta e que perca sua boa função.

A importância do fio dental

Não devemos esquecer da grande importância do fio dental, o qual auxilia na limpeza dos espaços onde as cerdas da escova não tem acesso e garante a remoção dos restos de alimentos e placas bacterianas, devendo ser usado em todas as escovações.

Use aproximadamente 40 cm de fio, enrole as extremidades nas duas mãos deixando um espaço livre. Passe entre todos os dentes e assegure-se para limpar além da linha da gengiva. Mas cuidado para não forçar demais e sangrar.

Pasta de dentes e enxaguantes bucais

A pasta dental pode ser de escolha do paciente ou indicada pelo dentista avaliando uma necessidade de uso em contribuição a algum problema como sensibilidade, gengivite, entre outros fatores.

Já para o caso dos enxaguantes bucais não devem ser usados em excesso, no geral diante a orientação do dentista, assim auxiliam muito, mas devem ter um tempo determinado para a aplicação.

Uma alimentação saudável e sem excesso de açúcares

Alimentos ricos em açúcar e ácidos são prejudiciais a toda saúde do corpo quando em excesso. No caso dos dentes, o excesso de açúcar é um dos fatores de mais contribuição para doenças dentárias, como as cáries.

Já os alimentos ácidos aumentam em grande quantidade o nível de sensibilidade dos dentes. O consumo exagerado de alimentos inadequados exige muito mais de uma escovação correta e em mais horários para manter os dentes limpos.

Evitar o tabagismo

O tabaco causa manchas nos dentes que, na maioria dos casos, só podem ser removidas com uma limpeza no consultório odontológico.

Manchas escuras e que podem pigmentar as placas de tártaro por volta dos dentes. Problemas periodontais como gengivite, perda óssea e dentes amolecidos também são consequência de uso do tabaco.

Problemas de uma saúde bucal sem cuidados

Quando você não dá a devida atenção para a saúde da sua boca alguns problemas podem facilmente surgir trazendo incômodo e até mesmo afetando a sua autoestima e qualidade de vida.

Cáries

O primeiro problema a enfrentar são as cáries. As cáries são resultados das bactérias que se acumulam na boca e se alimentam dos restos de comida que ficam na superfície dos dentes.

Se não há cuidados com a saúde bucal, as cáries dentárias podem se desenvolver e causar graves danos à estrutura dos dentes, como a perda parcial e até total do dente. Sem contar a terrível dor de dente causada pelas cáries.

Gengivite

A gengivite é uma inflamação na gengiva que é causada também pela ação das bactérias que se acumulam na boca.

A gengivite traz muito incômodo como vermelhidão, sensibilidade e inchaço nas gengivas. Você começa a ter dificuldade ao se alimentar e até mesmo escovar os dentes pode causar sangramentos e dores.

Mau hálito

mau hálito é um problema que afeta diretamente a autoestima e as interações sociais da pessoa, dificultando, inclusive, os relacionamentos amorosos.

Se você não quer se a pessoa lembrada pelo “bafo” insuportável, invista na saúde bucal não só dos dentes, mas também da língua.

Se a mucosa que se forma na superfície da língua, a partir da junção de bactérias com restos de comida, não for devidamente removida, o resultado é o mau hálito constrangedor.

Tártaro

O tártaro é uma camada de bactérias que já está solidificada nos dentes. Com o passar do tempo, essa camada se torna muito resistente e difícil de removê-la apenas com a escovação. E, como resultado, acontecem a danificação dos dentes, o mau hálito e o surgimento de manchas profundas.

Consultar o dentista é essencial para a saúde bucal

O ideal é que se tenha um tratamento preventivo, realizando limpezas no consultório odontológico e avaliações periódicas da boca, mas uma dúvida bastante comum é: quantas vezes devo ir ao dentista?

Bom, se você não tem um histórico de problemas bucais recentes, você pode ir ao dentista a cada seis meses. Essa frequência é ideal para que você saiba se está tudo ok com a sua saúde bucal.

Nessas consultas, você receberá orientação, dicas e, se for o caso, realizar algum pequeno tratamento.

Mas se você já realizou algum tratamento odontológico para sanar problemas bucais, ou foi diagnosticado com alguma doença ou distúrbio, como o bruxismo, doenças periodontais e gengivais, o ideal é que você defina com seu dentista o melhor intervalo para retornar.

Essa frequência pode ser de 3 em 3 meses ou 4 em 4 meses.

E se você usa algum tipo de aparelho dentário é importante que as visitas ao consultório sejam mensais para garantir a saúde bucal e a eficácia do tratamento ortodôntico.

Eu sou o Dr. Fabricio Pessone, cirurgião-dentista, especialista em Ortodontia, Cirurgia Oral e Harmonização Orofacial (HOF) e Membro da Associação Brasileira de Harmonização Orofacial (ABRAHOF).

Entre em contato conosco.

Será um prazer atender você!

RELACIONADOS

gravidas-746x413
  • 03.04.2018 | POR: Fabricio

Gravidez e os cuidados odontológicos

Sim, as grávidas podem e devem fazer acompanhamento odontológico! Durante a gravidez os hormônios sofrem grandes variações, o que pode afetar a saúde bucal, fazendo assim muito necessária a visita ao consultório odontológico para que o dentista cuide e oriente sobre essa fase. Manter a saúde oral é garantir também uma saúde geral do bebê. […]

leia mais
escova-dental-744x413
  • 03.04.2018 | POR: Fabricio

Dicas de como escolher a escova de dente ideal

Não podemos superestimar a importância de uma boa  higiene bucal, não só para a saúde dentária como para o bem estar geral. Problemas bucais como mau hálito, dores e até mesmo perda de dente são decorrentes de uma má higienização bucal. Com objetivo de garantir uma limpeza eficiente da boca, temos a escova de dente, […]

leia mais
remedios-para-a-gengivite-725x413
  • 03.04.2018 | POR: Fabricio

A famosa Gengivite!

A gengiva é parte do tecido de mucosa bucal que envolve todos os dentes, ajudando na proteção e suporte dos mesmos. Cuidar da gengiva é tão importante como cuidar dos dentes. A inflamação desse tecido é chamada de gengivite. A gengivite apresenta algumas características como: – Sangramento ao escovar e usar o fio dental – […]

leia mais

NEWSLETTER

Receba dicas em seu email